Sub-Bacia Ceduna

Histórico

A Karoon recebeu a permissão de exploração EPP46 em outubro de 2016. A licença cobre 17.793 quilômetros quadrados da mais ativa e prospectiva província de exploração de petróleo de fronteira , a Sub-Bacia de Ceduna, na Grande Baía Australiana (“GAB”), no mar do sul da Austrália.

A Sub-Bacia de Ceduna abriga uma das últimas bacias Cretáceas sub exploradas do mundo. A geologia, o tamanho potencial dos objetivos e a atividade de exploração ao redor fazem dela uma oportunidade muito animadora e de alto impacto, ampliando o portfólio de exploração da Karoon.

Interest

Equity interest of the participant in EPP46 is:

Karoon Gas (Browse Basin) Pty Ltd (Operator) 100%

Programa de Trabalho

O compromisso firme inicial de 3 anos da Karoon consiste na execução de um levantamento sísmico 2D sobre a área licenciada , um levantamento sísmico 3D específico e estudos geotécnicos.

O período do compromisso firme inicial de 3 anos termina em outubro de 2019.

A Geologia

A Sub-Bacia de Ceduna é o depocentro principal da GAB e abriga um sistema deltaico Cretácico maciço, análogo a algumas das maiores províncias de petróleo ao redor do mundo. Existe uma sucessão sedimentar espessa com diversos tipos de áreas estruturais e estratigráficas empilhadas. Os sedimentos ficam mais espessos do centro para as áreas externas da sub-bacia, que continuam amplamente não testadas.

Historicamente, apenas quatro poços foram perfurados na Sub-Bacia de Ceduna, baseados apenas em dados sísmicos 2D. Com exceção do poço de exploração Gnarlyknots-1/1A, toda a perfuração foi focada nos depocentros mais rasos e nas águas mais rasas perto da margem da bacia. A parte mais profunda da GAB continua não testada e é o principal foco do setor para os programas de exploração atuais.

Estudos históricos de geociência, levantamentos sísmicos e perfuração de exploração corroboram a presença de um sistema de petróleo ativo, suportado pelo seguinte:

  • Exudações de óleo de rochas Turonianas forma recuperdas do fundo do mar.
  • Um levantamento sísmico 2D histórico mostra o potencial para uma estruturação que, provavelmente, resulta em grandes geometrias de retenção, incluindo blocos de falha inclinados e anticlinais.
  • Um levantamento sísmico 2D histórico fornece um suporte de amplitude sísmica encorajador em diversas áreas.
  • Evidência de exudação de óleo e gás natural.
  • O poço de exploração Greenly-1 teve indícios de óleo e gás, assim como penetrou reservatórios de arenito de boa qualidade.